Concurso Fuzileiro Naval 2017 » Veja Como Passar ✪ Apostila Grátis »

Concurso Fuzileiro Naval 2017 » Veja Como Passar ✪ Apostila Grátis

[atualização 24/02/2017]

 

Concurso Fuzileiro Naval 2017 – Veja o Que Faz um Fuzileiro Naval e Descubra Como Passar com as Dicas de Professores e  Apostila Fuzileiro Naval 2017 Grátis!

 

Concurso Fuzileiro Naval 2017

Essa é sua grande chance de mudar de vida em 2017. Garanta sua vaga no Concurso Fuzileiro Naval 2017. São 1.860 vagas para o curso de formação de soldados fuzileiros navais para as turmas I e II com remuneração inicial de R$ 1.587,00

Concurso Fuzileiro Naval 2017 (Notícia Atualizada)

A Marinha do Brasil abriu o Concurso Fuzileiro Naval com 1.300 vagas disponíveis no curso de formação de soldados fuzileiros navais para as turmas I e II de 2018.

Do total das oportunidades, 20% são reservadas para negros. A maioria das vagas é oferecida para o Estado do Rio de Janeiro.

As vagas disponíveis estão discriminadas abaixo e distribuídas de acordo com os seguintes locais de realização do Estágio Inicial:

  • Turma I: Unidades da MB no Rio de Janeiro (349), Unidades da MB em Brasília – DF (90), Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS(45), 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Belém/PA (30), Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário/ MS (40), Grupamento de Operações Ribeirinhas – Manaus/ AM (30), Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal/ RN (30), Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador/ BA (20) e BtlDefNBQR – Aramar (16);
  • Turma II: Unidades da MB no Rio de Janeiro (349), Unidades da MB em Brasília – DF (50), Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS(30), 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Belém/PA (50), Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário/ MS (35), Grupamento de Operações Ribeirinhas – Manaus/ AM (50), Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal/ RN (30), Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador/ BA (40) e BtlDefNBQR – Aramar (16).

O concurso terá seis etapas: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico.

Apostila Fuzileiro Naval 2017 Grátis para Download ou Acesso Online

Fuzileiro Naval Salário (Quanto Ganha um Fuzileiro Naval)

Fuzileiro Naval Salário – Uma das dúvidas de quem deseja passar no concurso é saber Quanto Ganha um Fuzileiro Naval.

A bolsa oferecida durante o treinamento, com duração de 17 semanas, é de R$ 642,00. Após conclusão do curso, o aluno é nomeado Soldado Fuzileiro Naval Salário Inicial é de R$ 1.587,00.

Entretanto, com o tempo de serviço e patente alcançada, esse salário melhora consideravelmente.

 

Inscrição Fuzileiro Naval 2017

Sua Inscrição Fuzileiro Naval 2017 deve ser feita pelo site www.marinha.mil.br, no link “Concursos para o CFN”.

Você pode realizar sua Inscrição Fuzileiro Naval 2017 entre as 8h do dia 2 de março de 2017 até o dia 30 de março de 2017.

Se você deseja realizar sua Inscrição Fuzileiro Naval 2017 pessoalmente, o prazo é o mesmo, apenas os dias e horários de atendimento que mudam.Eles devem ser realizadas nos dias úteis, das 8h à s 16h nos endereços disponíveis em edital.

A taxa de inscrição é de R$ 20,00.

 

O que faz um Fuzileiro Naval

Os Fuzileiros Navais são uma força integrante da Marinha do Brasil, responsável pela segurança de assuntos que dizem respeito aos interesses navais do País.

Prontos para entrar em ação em terra ou na água, os Fuzileiros Navais também são chamados de “Anfíbios”.

O Corpo de Fuzileiros Navais está subordinado diretamente ao Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais – CGCFN.

O Fuzileiro Naval é um especialista em ataque e retomada de território, em especial às zonas litorâneas e ribeirinhas. Seu trabalho é acabar com a resistência inimiga tornando o local seguro para o desembarque e estabelecimento das tropas regulares.

Mesmo um país pacífico como o Brasil precisa de uma tropa capaz de agir com rapidez diante de qualquer emergência, principalmente se levarmos em conta a extensão de nosso litoral e nossas grandes redes hidrográficas. Aí entra a competência sobre O Que Faz um Fuzileiro Naval.

Como é o Treinamento de um Fuzileiro Naval (Curso de Formação)

O treinamento de um fuzileiro naval é chamado de Curso de Formação e consiste em um curso básico com duração média de 17 semanas, cerca de 4 meses, com módulos de combate urbano, operações de selva, paraquedismo e sobrevivência no mar.

O curso exige é realizado de internato nas instalações do Centro de Instrução Almirante Milciades Portela Alves – CIAMPA, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, ou no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília – CIAB, em Santa Maria, no Distrito Federal.

Após a conclusão do curso, será nomeado SD-FN (soldado) e ingressará no CPFN, onde assumirá compromisso inicial de dois anos no Serviço Ativo da Marinha, contados a partir da data de sua nomeação

Ao fim do curso, o soldado fuzileiro naval é movimentado para uma das diversas Organizações Militares do Corpo de Fuzileiros Navais, localizadas nos Estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte (Natal), Rio Grande do Sul (Rio Grande), Mato Grosso do Sul (Ladário), Amazonas (Manaus), Pará (Belém), Bahia (Salvador) e Distrito Federal (Brasília), de acordo com o local de realização do Estágio Inicial escolhido no momento da inscrição no Concurso Fuzileiro Naval 2017.

 

Progressão de Carreira

No primeiro ano os Fuzileiros Navais, cumprirão o Estágio Inicial (EI) e serão designados a servir em qualquer Organização Militar (OM) da Marinha no território nacional e somente os aprovados nessa fase, serão considerados plenamente adaptados à carreira naval, permanecendo, assim, no Serviço Ativo da Marinha.

Após esses dois anos, poderá ser selecionado e indicado para realizar Curso de Especialização, do terceiro ao sexto ano. Sendo aprovado, será promovido à graduação de Cabo, onde será novamente designado para servir em OM para Estágio de Aplicação e só após esse período, poderá ser selecionado para promoção a Sargento. A partir de Sargento, poderá chegar até a graduação máxima de Tenente.

Apostila Fuzileiro Naval 2017 Grátis para Download ou Acesso Online

Quanto tempo o Soldado leva para ser promovido

A partir do terceiro ano como soldado, o militar poderá se submeter à prova de conhecimentos para ingressar no curso de formação de cabos especialistas, em uma das especialidades à seguir:

  • Artilharia;
  • Infantaria;
  • Escrita;
  • Motores e Máquinas;
  • Engenharia;
  • Comunicações Navais;
  • Corneta e Tambor;
  • Aviação;
  • Eletrônica;
  • Enfermagem; e
  • Blindados.

O Curso de Especialização para promoção à cabo tem duração de 6 meses e é realizado no Centro de Instrução Almirante Silvio de Camargo, localizado na Ilha do Governador – RJ.

Tendo chegado à graduação de cabo, o militar  poderá, a partir do 6º ano de serviço participar do processo seletivo interno para o Curso Especial de Habilitação a Sargento, pelo qual, uma vez aprovado, o militar será promovido à 3º Sargento, e posteriormente, por tempo de serviço e requisitos internos da Marinha do Brasil, à 2º e 1º Sargento respectivamente, e depois à Sub Oficial.

Sargento Músico Fuzileiro Naval

Os candidatos aprovados no Concurso Fuzileiro Naval 2017 e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no C-FSG-MU-CFN e o realizarão na condição de Praça Especial, de acordo com o que preceitua o artigo 16 da Lei 6880/80 (Estatuto dos Militares). Durante o curso, a Praça Especial perceberá o valor aproximado de R$ 660,00 (seiscentos e sessenta reais) por mês, como ajuda de custo para suas despesas pessoais. Mediante a aprovação no C-FSG-MU-CFN, a Praça Especial será nomeada Terceiro-Sargento Fuzileiro Naval, quando passará a perceber a remuneração inicial da ordem de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

O C-FSG-MU-CFN terá a duração de, aproximadamente, 18 semanas e será conduzido de acordo com currículo aprovado pela Diretoria de Ensino da Marinha e normas específicas em vigor no Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.
O curso de Formação será no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (Ciasc), no Rio de Janeiro.

A matrícula no C-FSG-MU-CFN não implica em ingresso no Corpo de Praças de Fuzileiros Navais (CPFN), pois para tal é essencial a conclusão com aproveitamento do C-FSG­MU. O aluno que for aprovado em outro processo seletivo ou concurso, que implique em perdas de atividades curriculares do C-FSG-MU-CFN, ou pedir desistência do curso terá a matrícula cancelada “ex-officio”.

O C-FSG-MU-CFN terá início com o Período de Adaptação, no qual os alunos realizarão diversos tipos de exercícios físicos, assistirão a palestras e terão uma rotina de atividades intensas, nas quais serão exigidos com rigor, sendo observado o respeito à disciplina e hierarquia, de forma que se tenha uma adaptação prévia à vida militar como Fuzileiro Naval.

Após a conclusão do C-FSG-MU-CFN, a Praça Especial prestará juramento à Bandeira e será nomeada Terceiro-Sargento. Ingressará no CPFN e assumirá compromisso inicial de dois anos no Serviço Ativo da Marinha (SAM), contados a partir da data de sua nomeação.

A critério da Administração Naval, poderá realizar, também, o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos, no mesmo ano de realização do C-FSG-MU-CFN.

Será designado para servir em qualquer Organização Militar (OM) da MB no território nacional. Exercerá uma das funções destinadas a um Terceiro-Sargento, de acordo com a Tabela de Lotação da OM e critérios estabelecidos pela Administração Naval.

Apostila Fuzileiro Naval 2017 Grátis para Download ou Acesso Online

Requisitos para Ser Fuzileiro Naval

Altura Mínima e Máxima para Soldado Fuzileiro Naval

Os rapazes interessados em entrar na Marinha do Brasil como fuzileiro naval devem prestar atenção ao  limite mínimo de altura que é de 1,54 m e ao máximo que é de 2,00m . Estes limites de altura foram estabelecidos pensando não só na capacidade de suportar a rotina e desafios físicos aos quais os fuzileiros são expostos, mas também com relação ao tamanho dos equipamentos, veículos e instalações com as quais estes militares têm de lidar.

Idade para o Concurso Fuzileiro Naval 2017

A idade máxima para realizar a prova de soldado Fuzileiro Naval é 21 anos de idade.

O Edital Fuzileiro Naval 2017 diz que o candidato precisa ter entre 18 e 21 anos referenciados à 1º de janeiro do ano de ingresso no curso, ou seja, contextualizando para o Edital Fuzileiro Naval 2017, pelo qual o candidato ingressará no curso somente em 2018.

Nível de Escolaridade – Concurso Fuzileiro Naval 2017

A prova para soldado fuzileiro naval exige que o candidato tenha concluído ou esteja concluindo o Ensino Médio, diferentemente do que ocorria nos anos anteriores onde era necessário apenas o Ensino Fundamental completo.

 

Prova de Fuzileiro Naval 2017

A Prova de Fuzileiro Naval está agendada para ocorrer no dia 30 de maio de 2017.

 

O Que Cai na Prova de Fuzileiro Naval

Para a prova do Concurso Fuzileiro Naval 2017 as matérias cobradas serão Português e Matemática.

Veja abaixo os conteúdos cobrados e descubra o que cai na prova de Fuzileiro Naval 2017:

Matemática
I – FRAÇÕES – frações equivalentes, simplificação de frações, comparação de frações, números fracionários, operações com frações (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação ).
II – CONJUNTOS NUMÉRICOS – números naturais, números inteiros, números racionais, números irracionais e números reais.
III – NÚMEROS DECIMAIS – operações com números decimais (adição, subtração, multiplicação e divisão), potência com base decimal, raiz quadrada de um número decimal, dízima periódica.
I V – MÚLTIPLOS E DIVISORES – máximo divisor comum (M.D.C), mínimo múltiplo comum (M.M.C).
V – SISTEMA MÉTRICO DECIMAL – medida de comprimento, medida de superfície, medida de capacidade e medida de massa.
VI –MEDIDAS DE TEMPO – relação entre hora, minuto e segundo.
VIII – EQUAÇÕES DE 1º GRAU – com uma variável e com duas variáveis.
I X – INEQUAÇÕES DE 1º GRAU – resolução e discussão de inequação com uma variável.
X – EQUAÇÕES DO 2° GRAU – resolução e discussão da equação, relação entre os coeficientes e as raízes.
XI – FUNÇÕES – análise de gráficos, construção de gráficos, domínio, contradomínio, imagem, classificação de funções (injetiva, sobrejetiva e bijetiva) e estudo da função afim e quadrática .
XI I – RADICIAÇÃO E POTENCIAÇÃO – propriedades da potência e propriedades da radiciação.
XII I – EXPRESSÕES NUMÉRICAS – elementos das expressões numéricas (parênteses, colchetes e chaves) e aplicação das regras dos sinais.
XI V – RAZÕES E PROPORÇÕES – grandezas proporcionais diretas e inversas.
XV– ALGARISMOS ROMANOS – sistemas de numeração e suas regras.
XV I – REGRA DE TRÊS – simples e composta.
XVI I – PORCENTAGEM.
X VII I – ÂNGULOS – ideais de ângulos, medidas de ângulos, subdivisão do grau, operações com medidas de ângulos, ângulos complementares, ângulos suplementares, ângulos adjacentes e ângulos formados por duas retas paralelas e uma transversal (alternos internos, alternos externos, colaterais internos, colaterais externos e
correspondentes).
X IX – POLÍGONOS – ângulos, diagonal, soma das medidas dos ângulos internos e soma das medidas dos ângulos externos.
X X – GEOMETRIA PLANA – cálculo do perímetro e da área das principais figuras planas (retângulo, quadrado, paralelogramo, triângulo, trapézio, losango, círculo e suas partes).
XXI – GEOMETRIA ESPACIAL – cálculo da área e do volume dos seguintes sólidos: paralelepípedo e cilindros.
X XI I – CÍRCULO E CIRCUNFERÊNCIA – ângulo na circunferência, comprimento da circunferência e área do circulo.
XX II I – TRIGONOMETRIA NO TRIÂNGULO RETÂNGULO – razões trigonométricas (seno, cosseno e tangente), cálculo do seno, cosseno e tangente de 30 º, 45 º e 60 º e Teorema de Pitágoras.

.
Língua Portuguesa
I – GRAMÁTICA:
a) Ortografia (novo acordo ortográfico).
b) Acentuação gráfica (novo acordo ortográfico).
c) Classe de palavras.
d) Frase, oração e período (incluindo análises morfológica e sintática; relações sintáticosemânticas; coordenação e subordinação).
e) Termos da oração (Classificação de sujeito e predicado).
f) Transitividade verbal.
g) Voz ativa e voz passiva.
h) Classificação das orações.
i) Colocação pronominal.
j) Concordância (nominal e verbal).
k) Regência (nominal e verbal).
l) Crase.
m) Pontuação.
n) Relações semânticas (sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia, polissemia,
hiperonímia e hiponímia).
o) Denotação e conotação.
p) Figuras de linguagem.
II – COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO:
a) Leitura e interpretação de textos verbais e não verbais, literários e não literários .
b) Intertextualidade.
c) Relações entre as partes do texto e inferências.
d) Mecanismos básicos de coesão.
e) Operadores discursivos / argumentativos (de oposição, adição, conclusão, explicação, inclusão, exclusão, causa, consequência, condição, finalidade, tempo, espaço e modo).
f) Vícios de linguagem.
g) Variação linguística.
h) Funções da linguagem (referencial, emotiva, fática, conativa, metalinguística e poética)

 

Uma das maneiras de estudar para o Concurso Fuzileiro Naval 2017 é resolvendo as questões de provas antigas dos concursos anteriores.

Mas o ideal é que você busque auxílio de profissionais especializados em preparação pré-militar para este tipo de concurso público.

Baixe a Apostila Fuzileiro Naval 2017 Preparatória Gratuita que disponibilizamos pra você!

 

Apostila Fuzileiro Naval 2017

A Apostila Fuzileiro Naval 2017 é completa, atualizada conforme o último edital, sem enrolação e enchimento de conteúdo desnecessário. Uma apostila que vai direto ao assunto que você precisa saber para passar.

E o melhor: a Apostila Fuzileiro Naval 2017 é Grátis

Apostila Fuzileiro Naval 2017/2018 é em formato digital em duas opções: PDF e Online

  • PDF – O modelo em PDF é disponível para download e é ideal para quem deseja imprimir as páginas.
  • ONLINE – Já a apostila Online é prática e fácil de acessar, perfeita para quem é ligado em tecnologia e prefere estudar utilizando o seu celular, tablet ou computador.

Confira o link com a Apostila Fuzileiro Naval 2017 Grátis

Comece a estudar hoje mesmo e garanta sucesso em sua aprovação e não desista com as dificuldades, lembre-se:

Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade, porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100% das vezes…

Augusto Cury

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)

Informações

Concurso Fuzileiro Naval 2017


Veja Também: